terça-feira, 4 de setembro de 2007

Divagações

Não existe tortura pior que:

Um amor ñao correspondido
Um sorriso não dado
Um abraço não apertado
Um beijo não sonhado
Uma vida não vivida intensamente ...

Luciano Fabre

4 comentários:

Fabiana disse...

Nada pior que viver em guerra com você mesmo né?
Odeio isso!

beijos

Tudo ou nada ... disse...

É Fabi, esta é a única guerra que nunca vencemos, pelo contrário, estamos sempre em desvantagem..

Abraços

Edu Grabowski disse...

Fala poeta!
Gostei muito das suas poesias. Vou indicar pra uma amiga poetisa tbm!

Talvez... Apenas talvez, se as pessoas soubessem sentir mais como os poetas sentem... Ou se se permitissem sentir e se colocar de fato não apenas em seus lugares, mas no do próximo, haveria um entendimento melhor sobre o que é viver, e não apenas em viver, mas em Viver Bem!
Abraços,
Edu.

Tudo ou nada ... disse...

Valeu Edu. Obrigado pelo "poeta" sou um mero aspirante rs ...
Sentimento de poeta é dificil de ser copreendido, por isso que as pessoas preferem apenas "achar" que são legais, ao invés de compreender o verdadeiro sentido. Se fosse ao contrario sim, tudo se encaixaria perfeitamente.

Abração