sexta-feira, 16 de maio de 2008

Sexta Feira

Quem sou eu ...
Sou o brinquedo esquecido no canto do seu quarto
A digital na sua pele
Sou angústia de não saber o que esta pensando
Sou a mão encolhida, o afago negado
A dor de passar por mim sem me conhecer
O vício de vc
Quem sou eu se não puro ciúmes do seu toque
Das gotas de chuva que escorrem por seu rosto, e tocam seus lábios
Sou tudo aquilo que mais deseja e repudia
Sou seu sonho, seu pesadelo, seu vinculo com a vida
Sou solidão e amargor
Sou seu eterno amor sem escapatória
Sou desalento e dor


Luciano Fabre

36 comentários:

Ludmila Prado disse...

ai que lindo, me apaixonei pelo poema.

que saudade de você, consegui um tempinho pra passar aqui e dizer que ti gosto muito e que ama essas palavras vindas de você, elas sempre me encantam.

beijos

Fernanda Perrú disse...

saudades de vc!
escreve mais!

beijos!

.linny disse...

A digital na sua pele

como vc consegue tirar esse tipo de coisa? eu nao consigo.
te lindo de verdade.

beijos e saudades

Fagner disse...

Invejo você. Desde que fui trocado, não consigo mais escrever algo tão singelo. Meus textos são ácidos e ásperos.
Me falta inspiração, coisa que você parece ter de sobra. Parabéns!

Dani disse...

Intenso!!!

Renata Emy disse...

Lú!

Tem selinho p/ vc em meu blog!

Espero que goste!

É de (L)!

Beijos

Renata Emy disse...

Lú querido!

Te indiquei p/ um selinho!

Qdo puder passa lah!

E aproveita p/ entrar na onda da Dança do Quadrado!hahahaha...

Beijão

Juliana Borges disse...

Oi Luciano,
Espero que esteja bem,
Gostei de passar aqui e ver um novo poema, continue...
Att, JB

LoLa disse...

Luciano, que lindo isso!
Amei!
Beijos

LoLa disse...

Aproveitando...sou eu a Paola.
Então, fiz um novo blog e irei convidar alguns amigos.
Você poderia me enviar seu email?
O meu é: paola.aestranha@gmail.com

Bjo

Tudo ou nada ... disse...

=) Ludimila - não preciso nem dizer que seus comentários são muito importantes para mim, pq são. É muito bom escrever para pessoas que sabem o verdadeiro significado das palavras.
Bjos

;o) Fernanda - ando meio sem tempo até para andar pelos blogs, preciso me dedicar mais a vcs. Tbm estou com saudade de vc. Irei aparecer logo.
Bjos

:> Linny - eu tento ser o mais verdadeiro possivel para poder escrever algo tocante. Gosto de fazer tudo com o mais profundo e intenso da minha alma.
Saudadeeeeeeeeeeeee
Bjos

:) Fagner - que isso rapaz ... ñ deixe seu passado ditar o seu presente, faça a diferença e mude isto. Na vida tudo passa, até uva passa rsrsrs.
Bola pra frente
Abração

:> Dani - faço das palavras minha fuga do mundo real. Tento colocar aki meu mundo, meu faz de contas.
Bjos

=o) Renata - quanto tempo minha amiga, estou bastante saudoso de vc. Obaaaaaaaaaaa selinho, quanto tempo q ñ recebo um, com certeza vou passar la sim.
Bjos e brigaduuuuuuuu

:o) Juliana - estou bem sim Juliana, sempre fico bem quando escrevo e vejo comentarios tão legais como o seu. Muito bom ter gostado de passar aki em casa, espero que volte sempre.
Bjos

;> Lola - vou passar no seu novo blog para apreciar e deixar um recadinho.
Bjos

Edu Grabowski disse...

Linda poesia poeta!
Gostei muito.

Faz tempo que não escrevo nada de bom..nem meras linhas...=\
Vc anda sumido!
Abraços,
Edu.

Tudo ou nada ... disse...

=D Edu - grande Edu ... pelo visto anda precisando de uma musa para te dar ânimo à escrever hein!!! mas ñ se preocupe pq esta fase irá passar. Ando meio sumido mesmo é muito trabalho cara, quase ñ entro mais no msn e quando o faço ñ tem ninguém on-line, ô vida rs.
Mas valeu por ter aparecido.
Abração

:: Daniel :: disse...

Bela e coerente declaração de amor.

abs!

Insolente disse...

esse a musa lhe soprou ao ouvido, divino...

.linny disse...

amigo SAUDADESSSSSSSSSS!!

Flávia disse...

E eu ando querendo taaaanto ser o vício de alguém...

beijos!

Paulo Vilmar disse...

Luciano!
'...Sou a mão encolhida, o afago negado..."
És pura poesia, isso sim!
Abraços!

Davi Arloy disse...

antíteses belíssimas!

=)

Ju disse...

és tudo ou nada!!!
beijos, beijos, meu querido!
;-)

Tudo ou nada ... disse...

:o) Daniel - as vezes conseguimos juntas ambas quando falamos do amor.
Abraços

;o) Insolente - tento manter a musa sempre perto de mim, mas as vezes ela se coloca praticamente no meu lugar rs.
bjos

=D Flávia - eu tenho certeza que tem gente querendo mesmo é ser viciado em vc, olha direitinho que vai descobrir isto rs.
Bjos

:> Paulo - rapaz suas palavras são um mestrado para mim, fico muito feliz em saber que alguém que escreve tão bem aprecia minhas palavras.
Grande abraço

;o) Davi - para alguém tão novo vc tem atitudes e palavras muito sérias. Continue assim e será um grande homem.
Abração

=o) Ju - ah eu tento apenas ser um pedacinho de alegria na vida de vocês, pq na verdade são vocês que me alegram.
Bjos e muiiiiiito obrigado pelo carinho

.linny disse...

deixa eu te contar.. vc entendeu meu posto no blog?? se sim, quero que saiba que doi mt e to precisando dos amigos por perto.

bjus amigo

a calma alma má disse...

Lu, já falei que você é fofo demais?
Fofo fofo fofo.
E ah, essas suas palavras, tanto sentimento. E eu ando sentindo algo tão parecido.
Que é que a gente faz hein?

_Eu_Alexsander_O_professor_ disse...

Ola meu amabilíssimo amigo. Voltei a ativa novamente no blog depois de muitas mudanças aqui em casa (mudanças que digam-se de casa mesmo, rsrsrsrs). Mas quero que vc leia meu blog e se sinta no prazer de opinar em tudo. Saudades... PS: Vc como sempre usando as palavras do seu blog sempre como fonte de alegria pra mim e os amigos... Abração

R Lima disse...

De volta a ativa moço..

Abçs,



Texto de hoje: pOrtAs abErtaS...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Tudo ou nada ... disse...

:o( Linny - sinto muito mesmo que esteja passando por tal dor, mas até mesmo a dor é preciso sentir, afinal de contas como se consegue criar defesas dakilo que não se sentiu, ou viveu?!
Estarei sempre ao seu lado
Bjos

;o) Alma - vc como sempre me enchendo de bajulações rsrs .. assim eu fico bem acostumado rs. Uai sô! é só viver e pronto, deixa a vida nos levar flor, assim ela fica mais gostosa.
Bjos

=D Alex - com certeza "mudança" devia ser seu sobrenome rsrs... deixa baixo rsrs... muito bom saber que voltou com tanta garra assim para seu blog, já estava na hora né.
Abração

:o) R Lima - até que enfim rapaz, estava bastante saudoso dos seus escritos. Não volte a ficar tanto tempo assim sem postar, nos deixa a ver navios.
Abraços

Liz / Falando de tudo! disse...

Nossa que bonito e completo o seu poema, cheio de entrega e apegos, gostei!
Voltarei!
Liz

Ludmila Prado disse...

me apaixonei por esse seu poema
quero ele pra mim.

beijos

abrigada por aparecer estava mesmo com saudades

Tudo ou nada ... disse...

=D Liz - que bom ter gostado daki de casa, isso me deixa muito bem. Fique a vontade para voltar sempre q estiver, vc sempre será muito bem vinda.
Bjos

;o) Ludmila - minha querida vc sabe que a casa é sua, então fique a vontade para requerer e tomar posse do que quiser. O poema é seu rs.
Bjos

Cris disse...

Lu, querido! Qto tempo... Passei aqui pra dizer que estou na área novamente. Pra variar suas palavras sempre bem colocadas me tocam e me emocionam!
Nunca pare de escrever.
Bjsssssss,
da aparecida* Cris!

*Quando puder passa, lá em casa, e saberás o motivo!

Juliana disse...

Oi Lu, posso te chamar assim?
Mudei o end do meu blog:
http:peledaterra.blogspot.com/
att,

Tudo ou nada ... disse...

=D Cris - Ufa ... pensei q havia desistido do blog,seria um grande desperdício deixar de tela por aki. Muito bom sua volta. Fico muito feliz em saber que minhas palavras aos seus ouvidos são tão tocantes, sinal que és uma pessoa muito sensível.
Bjos grandes

=)Juliana - Mudar as vezes é preciso e necessário, no seu caso eu ñ sei, mas prefiro achar que é sempre para melhor.
Bjos grandes

ps: com certeza pode me chamar de Lu.

Fala, Garoto! disse...

Tudo isso é amor? Dá-me um pouco! Abraçãoooo, garoto!

Tudo ou nada ... disse...

=D Fala garoto - rapaz o amor é assim, avassalador rs
Abraços

Márcio Maltez disse...

Você pode ser mesmo tudo isso aí.- Que cara meiótico- mas além de tudo, é um cara de coração de chocolate.Abraços, fio. Tamo junto, irmão!

Tudo ou nada ... disse...

=) Márcio - valeu cara, vc é muito bem vindo por aki, além do que gosto de cavalos tbm e é sempre muito bom ficar por dentro de tudo que envolve o campo.
Abraço