quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Falhas

Sinto falta do sorriso espontaneo
Da dor não arrancada
Da amizade não feita
Do dinheiro não gasto
Da canção não desafinada
Do pranto não derramado
Da queda e da dor
Sinto falta de viver

Luciano Fabre

3 comentários:

Fabiana disse...

Viver é uma confusão de sentimentos né?

Gosto do seu blog.

bj

teo netto disse...

isso tudo me lembra dias cinzas, filmes de ficção e cds do radiohead.

abraços!

teo netto disse...

Radiohead: The Bends!
escuta, isso é ótimo.
abs*